Imagem capa - Por que os bebês choram? por Angela Teresa Perim Carreiro
Newborn

Por que os bebês choram?





Porque os bebês choram?


Por muitas vezes me fiz essa mesma pergunta, talvez um pouco mais reformulada… Porque meus bebês choram? 

Eu achava que ia enlouquecer com o chororô dos meus pequenos… Fazia de "um tudo" para eles se acalmarem e às vezes tinha sorte…  Ufa, paravam de chorar.

No alge dos meus 23 aninhos, com experiência zero com bebês e logo de cara gêmeos, pedia socorro à mãe, à sogra, à irmã (que sabia menos que eu…rsrs), mas sobrevivi!

Será que eu poderia ter evitado muito cansaço e estresse se eu soubesse de algumas coisinhas a mais sobre os bebês?

Te digo com certeza que sim!

Nós nos preparamos tanto para o mundo, mercado de trabalho, casamento, mas eu esqueci de me preparar para ser mãe. Só pensava em curitr aquele barrirão, sendo paparicada por todos...

Quando meus pequenos nasceram, tudo era felicidade pela chegada deles. Minhas riquezas. Mas o tempo vai passando e o cansaço chega!



A natureza humana é perfeita! 

O útero materno tem tudo o que o bebê precisa para crescer e se desenvolver. Lá dentro está protegido, quentinho, sendo alimentado pela placenta da mãe, etc… "Tudo de bom".

Mas quando chega a "hora"… Tudo muda para nosso bebê. Com o nascimento, surgem as necessidades e o choro torna-se a sua única forma de expressão.

Os bebês choram por inúmeras razões, mas as mais comuns são:


*Fome;

*Desconforto;

*Cólicas;

*Sensação de insegurança;


E a melhor notícia é que pode ser evitado.

Sempre observe os horário das mamadas e de preferência, tenha uma caderneta com essas anotações {até mesmo qual o lado você deu o peito}. Essa parte é muito importante. Bebê com fome chora!

Além da alimentação, que ser o choro for fome, irá acalmá-lo, existem algumas técnicas de relaxamento, que no meu caso, aplico no momento dos ensaios para manter os bebês tranquilos e relaxados. {Tenho que usar técnicas mesmo, pois leite já era}



"O aleitamento materno é insubstituível"


 Dentre várias técnicas, eu vou falar um pouco das que eu acho mais fáceis e eficientes:

> Técnica de estímulo da memória: nada mais é do que simular a memória recente dentro do útero. 

Como assim? Simples… Como seu bebê estava a dias ou horas atrás, antes de nascer? Todo solto? Parado? em silêncio?etc...


Pare para pensar nessas perguntas.


*Dentro do útero o seu bebê estava todo apertadinho, sem espaço para nada mais. Ele não gosta de ficar todo solto! Gosta de aconchego, firmeza, segurança.


*Apesar de estar apertado ele nunca ficava parado, pois a mãe se movimenta o tempo todo, mesmo quando descansa, seus órgãos estão funcionando. Simule o caminhar da mãe com palmadinhas leves no bumbum (essas batatinhas, vão imitar a batida do coração da mãe).


*Já que falei em órgãos, vale lembrar que lá no útero deve ser uma sinfonia maluca! Barulhos e barulhos que nunca terminam… Então, esqueça essa história que bebês gostam do silêncio! Na verdade eles nem sabem o que é isso! O que não gostam e nem nós, são de barulhos agudos, inesperados. Sons regulares e contínuos acalmam o bebê.


 

*Outra coisa importante é a temperatura. Eu imagino, pois não lembro mais, que no útero deve ser bem quentinho né… Então lembre-se, a temperatura do bebê recém-nascido é um pouco maior do que a nossa (temperatura agradável ao bebê é entre 26 e 29 graus celcios). Aqui no estúdio usamos um termostato digital para que controlemos a temperatura e a umidade do ar.


*E por final, não esqueça! O bebê ama ficar na posição fetal! Então o motivo do choro pode ser que ele esteja incomodado com a posição horizontal que está ficando. Dentro do útero ele não ficava deitadinho como no berço!


E por hoje é só! Espero que possam aproveitar essas dicas e muito sucesso nessa jornada maravilhosa!


Angela Perim

Fotógrafa especializada em newborn

contato@angelaperimfotografia.com.br


Fonte: Guia prático para fotografar NEWBORN